Dicas

Carrapatos

O Rhipicephalus (Boophilus) sanguineus é o “carrapato vermelho” do cão, que é seu principal hospedeiro, embora já tenha sido encontrado algumas vezes no homem. Alojam-se em lugares bem vascularizados e mais protegidos, tais como a orelha e entre os dedos dos cães.

O carrapato pode causar prejuízos à saúde dos animais e dos seres humanos:

  • O tempo de vida do carrapato é de aproximadamente 02 anos, podendo produzir até 5000 ovos;
  • Após se alimentar do sangue do hospedeiro o carrapato pode ficar em jejum por mais de um ano;
  • Os prejuízos causados por este ectoparasita estão associados à perda de peso, baixa conversão alimentar, redução na produção de leite, toxicoses, lesões de pele que favorecem a ocorrência de miiáses, anemia e transmissão de agentes patógenos que provocam graves enfermidades.

O que fazer para evitar que os cães peguem carrapatos?

  • Evitar que o cão frequente lugares onde exista potencial infestação, tais como: Canis, quintais, sítios e fazendas.
  • As vezes, num passeio a uma praça ou a um parque o cão poderá se infestar.

E como combater os carrapatos?

Assim como as pulgas, o carrapato não é um problema só do animal, mas sim do ambiente. É possível eliminar o carrapato do cão com facilidade através de banhos carrapaticidas, porém os ovos e as larvas estão no ambiente, em frestas das paredes e pisos. Desta forma todos os locais devem ser tratados, além dos cães.