Qual a diferença entre vetores e pragas?

Todo vetor é uma praga, mas nem toda praga é um vetor. Não entendeu? Então vamos explicar, neste texto, quais as reais diferenças entre pragas e vetores e como identificá-los. 

Qualquer tipo de ser vivo que pique, morda, infecte alimentos, danifique estruturas e cause todo tipo de desconforto aos seres humanos, incluindo os financeiros são considerados pragas. Dentre eles, existem as pragas que transmitem doenças, ou seja, são vetores de doenças. Aí está a grande diferença entre vetores e pragas. 

Alguns exemplos de vetores são ratos, vetores da leptospirose; mosquitos, vetores da dengue e outras doenças; pombos, cujas fezes podem causar danos à saúde dos seres humanos. Porém, as pragas sendo vetores ou não possuem detalhes em comum, entre eles, a forma de combatê-los.

Para evitar que esses agentes se acomodem ao nosso redor é importante manter os cuidados com as lixeiras, com lixos acumulados em terrenos baldios, com o armazenamento de alimentos em geral e comida de animais domésticos. Esses fatores podem atrair, sem exceção, todo tipo de pragas e vetores.

Quem pode auxiliar no controle tanto de pragas quanto de vetores são empresas especializadas no ciclo de vida desses insetos e animais e que conhecem a melhor forma de combatê-los. A Klin atua há 14 anos no segmento de saúde ambiental sendo líder de mercado no controle de pragas. Se você está preocupado com a incidência de pragas e vetores na região e precisa do nosso atendimento. Solicite um orçamento sem compromisso: (83) 3222-6444 (WhatsApp)⁣⁣⁣⁣⁣⁣.