Escorpiões

O escorpião é um dos animais que mais causam pânico nas pessoas e não é por menos! É um animal pequeno, que tem uma das picadas mais dolorosas e venenosa e, em alguns casos, pode até matar.

Evite correr riscos, entre em contato com a KLIN e previna o seu ambiente dos escorpiões.

Dedetização de escorpiões

Por que os escorpiões são considerados pragas?

A urbanização desordenada e o desmatamento fazem com que esses animais procurem abrigo nos centros urbanos. Com isso eles invadem lares, empresas, depósitos e outros lugares em busca de abrigo e alimento. Além disso, quando existe mudanças de um local para o outro, viagem entre áreas urbanas e rurais, essas pragas podem se alojar em caixas e entrar nos ambientes, sem que as pessoas percebam.

É importante que seja feito o controle preventivo dessa praga, assim, diminuirá o número de acidentes e, conseqüentemente, a mortalidade de pessoas através da picada.

Sua picada é venenosa e extremamente dolorosa.

Os escorpiões usam o seu veneno de duas formas. A primeira é para imobilizar a presa e a segunda forma é para se defender contra um predador.

O veneno tem efeito neurotóxico, ou seja, afeta o sistema nervoso e o controle muscular, dependendo da quantidade de veneno injetada e das condições físicas da vítima, pode ser letal.

A picada do escorpião, além da dor pode provocar queimação ou formigamento no local, ainda vermelhidão, edema, suor e náuseas.

O cuidado deve ser redobrado se a criança for pequena, pois dependendo da quantidade de veneno que for injetada no seu corpo, pode ser fatal. Vale salientar que os idosos também precisam de cuidado maior e aqueles que apresentam uma saúde fragilizada.

Portanto, em caso de picada por escorpião o indicado é procurar um atendimento médico. Nos casos mais delicados, o paciente recebe o soro e deve ficar em observação até a sua melhora.

Entre em contato conosco e faça um orçamento para sua casa ou empresa.

Curiosidades:

O que eles comem?

Os escorpiões que habitam o meio urbano, são predadores e se alimentam de insetos vivos, principalmente de baratas, por isso a presença delas em um determinado ambiente pode ser um indicativo da presença de escorpiões.

É importante ter atenção a esse animal, pois a presença de muitos escorpiões no mesmo local indica a presença abundante de alimento, consequentemente de baratas.

Onde vivem?

São pragas noturnas que preferem locais úmidos, quentes e escuros, longe da luz do sol, como por exemplo oco de árvores, sob pedras e restos de material de construção, caixa de esgoto, dentro de sapatos, debaixo de móveis, dentro de armários e outros lugares que possam oferecer abrigo e proteção.

Algumas espécies de escorpiões frequentes no Brasil

Eles são da família dos aracnídeos e todas as espécies possuem ferrões e veneno. As principais espécies existentes no Brasil são: Tityus serrulatus, Tityus stigmurus e Tityus bahiensis.

Tityus stigmurus ou Escorpião do Nordeste é uma das espécies mais comuns no nordeste. Possui uma cor amarelo claro com um triângulo negro na cabeça e uma faixa longitudinal mediana e manchas laterais no tronco. A sua cor ajuda a se camuflar no solo em que habita. Sua reprodução é sexuada ou por partenogêneses, podendo gerar de oito a quatorze filhotes e seu tempo de vida é em torno de quatro anos.

Tityus serrulatus ou Escorpião Amarelo é a espécie mais venenosa da América do Sul e é encontrada em maior número nos estados de MG, SP, RJ, ES, BA, GO e DF. Seu tronco é escuro, possui patas, pedipalpos e cauda amarela. Só existem fêmeas nesta espécie, podendo gerar até 30 filhotes e seu tempo de vida é em torno de dez anos.

Tityus bahiensis ou Escorpião Marrom é encontrado em maior número nos estados de MG, SP, GO, PR e SC. Sua coloração é marrom escuro ou avermelhado e as pernas e pedipalpos têm amarelas com manchas escuras. Sua reprodução é sexuada e vive cerca de três a quatro anos.

*Imagens meramente ilustrativas

Manutenção e Prevenção

O escorpião só aparece em busca de alimento, quanto mais insetos e baratas estiverem no local, mais facilidade dele aparecer. Então, para um controle efetivo de escorpiões é necessário seguir algumas informações:

Inseticidas caseiros são perigosos e o tratamento inadequado, sem a ajuda de um profissional, pode aumentar a infestação. A melhor forma de solucionar o problema é realizar o controle dos escorpiões com profissionais especializados, que entendam qual é o melhor produto a ser utilizado em cada ambiente.

Fale com quem entende do assunto, entre em contato com a KLIN e solicite seu orçamento!